Tome uma posição contra o bullying.

arrow3

 

 

 

 

 

 

 

Todos os dias, crianças lésbicas, gays, bissexuais, transgênero (LGBT) e intersex – e outras crianças que desafiam os estereótipos de gênero – sofrem bullying nas escolas, em casa e em suas comunidades. O bullying pode tomar muitas formas – da provocação e dos xingamentos à violência brutal.
Crianças que sofrem esse tipo de abuso apresentam maiores riscos de ansiedade, solidão, baixa auto-estima, automutilação, depressão e suicídio. Elas também estão mais sujeitas a faltar aulas ou à evasão escolar.
As Nações Unidas estão convocando todos – desde pais e professores aos Governos – a proteger os direitos fundamentais dessas crianças a uma vida livre de violência e discriminação. Suas atitudes importam!
Demonstre seu apoio:

Conselho para os pais e professores

Tome uma atitude sempre que você testemunhar bullying, insultos ou xingamentos contra crianças LGBT e intersex.
Forneça apoio às crianças que sofrem bullying e às suas famílias.
Seja um exemplo: não propague estereótipos negativos ou prejudiciais sobre pessoas LGBT e intersex.
Refira-se a uma pessoa usando os pronomes, o gênero e o nome que ela usa para identificar a si mesma.

Conselho para colegas

Escute seus colegas LGBT e intersex e eduque-se sobre as questões que eles e elas enfrentam.
Denuncie sempre que você testemunhar qualquer forma de bullying, violência, insultos ou xingamentos contra pessoas LGBT e intersex.
Refira-se a uma pessoa usando os pronomes, o gênero e o nome que ela usa para identificar a si mesma.
Apoie organizações de jovens LGBT e intersex e, caso você seja estudante, junte-se ou dê início a um grupo de aliados e aliadas LGBT.

Conselho para governos

Monitorar sistemativamente a prevalência da violência baseada em orientação sexual, identidade/expressão de gênero e características sexuais nas escolas.
Desenvolver e implementar políticas educacionais nacionais e abrangentes para prevenir e reagir a essa violência, garantindo que o currículo e os materiais didáticos sejam inclusivos e forneçam educação sobre sexualidade de modo abrangente.
Proporcionar treinamento e apoio aos professores e outros profissionais da escola na prevenção e na reação ao bullying contra estudantes LGBT e intersex.
Revogar restrições sobre a discussão de questões relacionadas ao tema LGBT e intersex nas escolas.
Proporcionar treinamento e apoio aos policiais e outros agentes da segurança pública na prevenção e reação a incidentes de violência e bullying.
Para saber mais sobre o que os Governos podem fazer, clique abaixo:

 

Clique aqui para baixar a nota informativa

 

Clique aqui para baixar o relatório

FREE & EQUAL IS AN INITIATIVE OF THE UNITED NATIONS HUMAN RIGHTS OFFICE

TERMS OF USE
– PRIVACY POLICY – CONTACT US – PRESS
© UNITED NATIONS

This site contains links and references to third-party web sites. The linked sites are not under the control of the United Nations, and the United Nations is not responsible for the content of any linked site or any link contained in a linked site. The United Nations provides these links only as a convenience, and the inclusion of a link or reference does not imply the endorsement of thelinked site by the United Nations.