skip to Main Content

A cultura e a tradição devem nos aproximar, e não nos separar.

STAND UP FOR EQUAL RIGHTS & FAIR TREATMENT
FOR LESBIAN, GAY, BI, TRANS & INTERSEX PEOPLE EVERYWHERE.

“Toda pessoa tem o direito de tomar parte livremente na vida cultural da comunidade”

Artigo 27 da Declaração Universal dos Direitos Humanos

A cultura e a tradição são partes significativas de nossas vidas. Elas nos permitem reunirmos para celebrar marcos importante de nossas vidas e festejar nosso patrimônio, assim como as pessoas que amamos. Para muitos, elas proporcionam um sentido de lar, história e identidade.

A cultura e a tradição pertencem a todas e todos. Cada um de nós pode interpretar, adaptar e praticar as crenças, costumes e rituais que são importantes para nós como indivíduos. Esses são direitos culturais básicos – garantidos para todas pessoas sem discriminação.

Infelizmente, algumas pessoas veem a inclusão de lésbicas, gays, bissexuais, pessoas trans e intersex (LGTBI) como uma ameaça a seus valores culturais. Elas podem erroneamente tentar racionalizar a violência e a discriminação como meios de proteção de suas crenças, em nome da cultura e tradição. Não importa o quão diversas são as crenças e valores das pessoas, a cultura e a tradição não constituem licenças para discriminar ou uma desculpa para o uso da violência.

A cultura e a tradição não são fixas, elas mudam com o tempo e são vistas e interpretadas diferentemente pelas sociedades. São tradições de ódio e repressão assim como são tradições de igualdade e justiça. Cabe a cada um decidir por nós mesmos o que vamos promover. A escolha é sua.

Back To Top
BUSCA